terça-feira, 29 de março de 2011

Profissionalizando o Handmade (no gerúndio mesmo... rss) N.1

Periquitas, alguns acontecimentos nas últimas semanas me fizeram refletir sobre gestão no handmade business.

Meu trabalho (oficial) é exatamente esse, dar Consultoria a pequenas empresas e ajudá-las a gerir seu negócio. Seja através da elaboração de um plano de negócios, da gestão financeira, daanálise de mercado, de estratégias de mkt e etc. Mas, trazer toda essa estrutura para o Paparico não é nada simples... Rss

Amador ou não o Handmade Business é cada vez mais valorizado e foi-se o tempo em que fazer arte era coisa de dona de casa, avós e desperate housewives. Hoje, cada vez mais pessoas com sucesso em sua vida profissional dedicam parte ou todo seu tempo às artes e a deliciosa terapia que trabalhar e criar através das mãos proporciona.

O primeiro ponto que merece atenção são as fotografias usadas para divulgar seu handmade. Ok, vc não é fotógrafa, nem eu... Mas, sabemos que a primeira etapa para conquistar o consumidor é um produto que salte aos nossos olhos e nos chame atenção (positivamente, é claro). A querida Sandra Pagano, que conhece muito bem arte e fotografia pode dizer se estou certa... rss

Pequenos detalhes como o local onde a foto vai ser tirada, iluminação do ambiente e os coadjuvantes da cena fazem muita diferença. “Perder” um tempinho preparando uma produção cuidadosa vai fazer vc ganhar muito mais.

Em sites como Tanlup e Elo7, vira e mexe, me deparo com fotos que por si só mostram o desleixo do profissional com sua arte. Fotos tiradas em qualquer lugar, com péssima iluminação e sem cuidado nenhum atestam a falta de preocupação com a qualidade e eu, sinceramente jamais pagaria por um produto divulgado desta forma.

Outra questão importante é o relacionamento entre artesãos. Tudo bem que vc pode estar começando o seu negócio, mas divulgar a foto de outra pessoa creditando como sua, mesmo que vc acredite poder fazer igual, em minha opinião é um dos mais graves erros que a arteira pode cometer. No flickr, várias pessoas denunciam a todo momento esta prática.

Imagine se o Bob’s resolve divulgar a foto de um novo sanduiche do Mc dizendo ser seu? Dadas as devidas proporções dos negócios, a atitude é a mesma: Falta de criatividade, descaso com a ética e o possível descrédito por parte dos consumidores.

Bom Periquitas, por enquanto é só... depois vou falar um pouquinho sobre a organização finaceira no Handmade Business e vou convidar um amigo querido do meu trabalho (oficial) que saca tudo de finanças, o Victor Marques.

E para finalizar, Paparicos novinhos em folha...



Primeiro Paparico feito com papel de scrap! :)









9 comentários:

Carine Gimenez disse...

Alê gostei muito desse post, esse assunto (profissionalização do Handmade)é importantíssimo, de grande interesse da área.
Aguardo os próximos assuntos.
Beijo.

Cafofo da Fran disse...

Lindos os paparicos
Bju

Cláudia Delfino disse...

Que post mais bacana!!! Adorei as dicas...

bjs

Cláudia Delfino disse...

Que post mais bacana, adorei as dicas!! Mais uma vez um trabalho lindo!!
bjs

Cynthia Lloréns disse...

Obrigada pela visita.....e pelo comentário, você é super fofa e mega gentil!!!!Não tem problema....qunado eu precisar de uma muito dificil para traduzir..peço help
Desejo um maravilhoso fim de ssemana.
Com carinho!!!
Cynthia
Segredo Já vai pensando em ensinar um álbum sinmples e bonita, para fazer em um blog só com feras nacionais e internacionais.....depois falao mais !!!!!

Sandra Pagano disse...

Alê, vc está certíssima! Uma fotografia bem feita valoriza 100% o produto.
Para quem não pode contratar um profissional, vale algumas dicas:
- Preste atenção no plano de fundo. Tire de cena bagunças e objetos que não tem a ver com o produto
- Faça uma foto do produto inteiro e outra de um detalhe que vc quer chamar a atenção
- "Menos é Mais" - faça fundo infinito com cartolina branca ou preta ou um papel de scrapbooking, prestando atenção para que não interfira no produto.
- Você também pode compor objetos que tenham a ver com o produto, mas avise que aquilo não está incluso no preço.
- Dê preferência para fotografar com a luz do dia. O uso do flash é para profissionais, senão vc corre o risco de manchas brancas na imagem e distorção de cor, fica feio
- Para fotos em detalhe, use o modo macro ( é o desenho de "florzinha", toda câmera compacta tem)
- Faça marca d'água no centro da foto, isso intimida a cópia e uso indevido de suas imagens

Parabéns pelo post e obrigada pela indicação do meu site!
Bom final de semana querida..;)
beijos
Sandra Pagano
http://www.wix.com/sandrapagano/fotografia

Aline disse...

Adorei seu texto... gosto de ler artigos relacionados ao artesanato, ainda mais quando nos acrescenta!

Seu trabalho é lindo!!

Beijoss

Aline disse...

Ah, o trabalho que me referi foi ao seu artesanato... Pensei depois que postei e achei que soou estranho...rsrs...

Aline disse...

Oi Alê!!
Nossa, que legal...nunca imaginaria que você já esteve por lá!! rs...

Beijokss